O ADESTRAMENTO PRECISA SE JUSTIFICAR


Já foram publicados inúmeros livros sobre adestramento de cães. Alguns, bem escritos, delinearam certas diretrizes sobre regras e liderança. Outros apenas apresentam novas maneiras para atingir objetivos antigos. De vez em quando, surge um livro que aborda a utilização da comunicação com os cães em diversos níveis. Poucos livros abordam os desafios que os donos enfrentam e como utilizar a comunicação de maneira apropriada para resolver e/ou solucionar estes conflitos. Muitos adestradores estão ameaçados pelo crescente avanço na tecnologia. Com o passar do tempo, os donos preferirão treinar seus próprios cães. Esta ficando cada vez mais evidente que os proprietários devem buscar a solução correta para seus desafios. Treinar o próprio cão é mais econômico e ainda proporciona uma ligação com a natureza em diversas situações. Com este desafio, e outros ainda por surgir, os adestradores estão sendo forçados a deixar sua zona de conforto e ainda precisam posicionar-se nesta nova ordem. Para enfrentar esta fase, os adestradores deverão ser mais eficientes em suas áreas de atuação. Para ter sucesso, o adestrador moderno, precisa contar com o compromisso do proprietário.
Já foram publicados inúmeros livros sobre adestramento de cães. Alguns, bem escritos, delinearam certas diretrizes sobre regras e liderança. Outros apenas apresentam novas maneiras para atingir objetivos antigos. De vez em quando, surge um livro que aborda a utilização da comunicação com os cães em diversos níveis. Poucos livros abordam os desafios que os donos enfrentam e como utilizar a comunicação de maneira apropriada para resolver e/ou solucionar estes conflitos. Muitos adestradores estão ameaçados pelo crescente avanço na tecnologia. Com o passar do tempo, os donos preferirão treinar seus próprios cães. Esta ficando cada vez mais evidente que os proprietários devem buscar a solução correta para seus desafios. Treinar o próprio cão é mais econômico e ainda proporciona uma ligação com a natureza em diversas situações. Com este desafio, e outros ainda por surgir, os adestradores estão sendo forçados a deixar sua zona de conforto e ainda precisam posicionar-se nesta nova ordem. Para enfrentar esta fase, os adestradores deverão ser mais eficientes em suas áreas de atuação. Para ter sucesso, o adestrador moderno, precisa contar com o compromisso do proprietário. Sem comprometimento da família, nenhuma mudança no comportamento do animal será duradoura. Além de serem extremamente habilidosos na questão comportamental, terão que entender e auxiliar os donos de cães em seus desafios. Atualmente os donos de cães enfrentam desafios específicos. Concomitantemente  com as dificuldades intrínsecas na falta de informação sobre o comportamento animal, situações como tempo e espaço podem criar uma necessidade de levar o cão para passear uma ou duas vezes por semana, isto para ser bem modesto, porque algumas famílias procuram sair até cinco vezes no dia. Lembrando que nestes passeios o metabolismo do cão pode acelerar e com a repetição constante pode tornar um padrão de comportamento ativo, deve-se cuidar muito da alimentação. Por outro lado a vida sedentária do cão pode provocar inúmeros problemas. Destes, o mais grave ainda continua sendo a obesidade. Em nossa opinião, e é apenas uma opinião, consulte um veterinário e busque uma ração balanceada. Se o seu cão não é um atleta e nem de exposição, prefira uma Super Premium, mas fique atento ao nível de energia metabolizável.  Resumindo, não só o adestramento precisa se justificar, mas tambem a alimentação e os passeios!

Aguinaldo Diniz

Comentários

  1. Como sempre, Aguinaldo é lúcido e equilibrado em seus comentários. Concordo plenamente quando diz que adestrar não é simplesmente ensinar. Vejo cada vez mais a necessidade dos adestradores entender de "psicologia humana", além da psicologia canina. Como qualquer ser vivo, o cão é um ser complexo e uma vez inserido definitivamente no convívio humano, as variáveis de comportamento são inúmeras. Os adestradores devem estar sempre se atualizando, não resumindo apenas a aplicação de técnicas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Entrevista com Leandro Salles

Entrevista com Cristine Dias - Resultados expressivos dentro e fora do Brasil